Educação e Cinema

Vídeos, Documentários e Filmes que Falam sobre Educação.

Uma coletânea de diversos autores brasileiros abordando o tema educação, cinema, audiovisual, a narrativa, a ludicidade, a metodologia, as limitações, as dificuldades, o conhecimento e propostas alternativas.

Educação e Cinema_cpk

Segundo Gabriela E. Possolli Vesce do site InfoEscola, a relação entre cinema e educação, seja no contexto da educação escolar ou da educação informal, é parte da própria história do cinema. Desde os primórdios das produções cinematográficas, produtores e diretores de cinema o consideravam como uma poderosa ferramenta para instrução, educação e reflexão humanas.

OUTROS OLHARES
SALTO PARA O FUTURO – CINEMA E EDUCAÇÃO – PGM. 4. Nesta série, o Salto para o Futuro debate o tema “Cinema e Educação: um espaço em aberto”. Para isso, busca alguns pontos de intercessão entre essas duas manifestações culturais.

Para haver sinergia entre cinema e educação deve-se realizar uma análise correta da mensagem cinematográfica aliada ao contexto educativo. O professor deve auxiliar o aluno funcionando como elo entre o que o cinema proporciona e o conjunto de conhecimentos a serem construídos na relação de aprendizagem. (VESCE).

____________________________

MITÃ
Educação, espiritualidade, tradição e cultura da criança se misturam na narrativa, inspirada pelos pensamentos de Fernando Pessoa, Agostinho da Silva e Lydia Hortélio.

_____________________________

A ANÁLISE DE FILMES EM SALA DE AULA
Palestra gravada em 2010, durante orientação técnica do Programa Cultura é Currículo.

______________________________

EU MAIOR
Um filme sobre autoconhecimento e busca da felicidade. Foram entrevistados trinta personalidades, incluindo líderes espirituais, intelectuais, artistas e esportistas.

______________________________

A NARRATIVA DO AUDIOVISUAL
Graduada em economia pela PUC-Rio e com mestrado em antropologia social pela UFRJ, Elena Soárez caiu de paraquedas no universo do cinema e acabou tornando-se uma das mais importantes roteiristas do mercado audiovisual brasileiro.

Para Verônica Ferreira Dias, um filme “é sempre algo atrativo, porque traz entretenimento e reflexão também”. Ela defende que todos podem se espelhar em exemplos do cinema para descobrir maneiras de aprender e ensinar melhor. Sem deixar de se divertir nem se emocionar.

_______________________________

TARJA BRANCA
O direito de brincar é o tema deste documentário, aborda o conceito de “espírito lúdico” com seriedade e convida para a reflexão do desenvolvimento do homem adulto.

____________________________

RECRITIQUE – O que é Audiovisual?
Neste primeiro episódio, o webprograma “Recritique” contará de forma simples o que é audiovisual.

Nilson Fernandes Dinis, em “Educação, cinema e alteridade”, propõe pensarmos as relações entre o cinema e a educação na passagem de uma pedagogia da imagem ação para uma pedagogia da imagem tempo. Segundo ele, essa transformação nos convida a inventar na modernidade novas formas de subjetivação e de semiotização que possam expressar a relação do sujeito consigo mesmo e com o outro, pensando o cinema como um aliado da educação no exercício de alteridade que prepara o sujeito para as infinitas travessias que o levam em direção ao outro.

____________________________

SEMENTES DO NOSSO QUINTAL
A infância é o tema central do documentário, que mostra o cotidiano da Te-Arte, uma escola infantil inovadora focada no estímulo da criatividade infantil, e na trajetória da idealizadora Thereza Soares Pagani.

_____________________________

QUANDO SINTO QUE JÁ SEI
Práticas inovadoras na educação brasileira. Os diretores investigaram iniciativas em oito cidades do Brasil e colheram depoimentos de pais, alunos, educadores e profissionais.

____________________________

PRO DIA NASCER FELIZ
Um cotidiano de desigualdade e violência de jovens de quatro escolas públicas brasileiras, em Pernambuco, São Paulo, Duque de Caxias e no Rio de Janeiro.

O cinema, enquanto mídia educativa possui grande potencial pedagógico uma vez que é muito mais fácil, tanto para uma criança, quanto para um adulto, absorver informações advindas de estímulos audiovisuais. O filme auxilia o professor a romper com o modelo tradicional de aula baseada na explanação, podendo servir tanto para expor conteúdos quanto para ilustrar conceitos e demonstrar experiências. (VESCE)

____________________________

MERCEDES BAPTISTA

Depois de ter minar a edição desta página, tive uma grata surpresa, que me fez retornar e incluir um exemplo de trabalho feito por uma aluna adolescente. Se trata deste vídeo feito em 2011 de uma menina do ensino fundamental chamada Samira Lavor, estudante do Colégio Estadual Professor Josó Acioli, sobre a grande bailarina e coreógrafa Mercedes Batptista. Ma chamou a atenção a simplicidade do uso da técnica de uma apresentação de imagens, narrada pela voz, além do painel sobre a vida dessa importante bailarina brasileira.

______________________________

Filmes estrangeiros sobre educação:

  • Entre os muros da escola: Uma sala de aula na periferia de Paris simboliza o choque cultural presente na França contemporânea: François Marin, um professor francês, busca formas de se aproximar de seus estudantes asiáticos, africanos, árabes e franceses.
  • O Aluno: Um grande filme de fatos após a independência do Quênia. A história de um aluno e uma professora. A historia de um guerreiro mau-mau e a liberdade de aprender. A história de Maruge, que lutou pela liberdade de seu país, foi preso e torturado. Aos 83 anos, se fazendo valer de um discurso do Presidente do Quênia que garante educação para todos, Maruge decide se matricular numa escola primária. Direção: Justin Chadwick, 2010.
  • Ao Mestre com Carinho: Mark Thackeray é um engenheiro desempregado que resolve dar aulas no bairro operário de East End, em Londres., dirigido por James Clavell, com Sidney Poitier, 1967.
  • Billy Elliot: Billy Elliot é um garoto de 11 anos que vive em uma pequena cidade mineradora da Inglaterra, dirigido por Stephen Daldry, com Julie Walters e Jamie Bell, 2000.
  • O Céu de Outubro: O adolescente Homer Hickam vive em uma cidade no interior dos EUA que vive basicamente da mineração. Dirigido por Joe Johnston, com Jake Gyllenhaal e Chris Cooper, 1999.
  • Escola de Rock: Um roqueiro foi demitido da própria banda e tenta trabalhar como professor de música numa rígida escola particular. Dirigido por Richard Linklater, com Jack Black e Joan Cusack, 2003.
  • Gênio Indomável: Will Hunting tem 20 anos e já registrou algumas passagens pela polícia, dirigido por Gus Van Sant, com Matt Damon e Robin Williams, 1997.
  • Legalmente Loira: Poucas pessoas no mundo têm os mesmos privilégios que Elle Woods. Dirigido por Robert Luketic, com Reese Whiterspoon e Luke Wilson, 2001.
  • Pink Floyd: The Wall. Órfão de pai (morto durante a Segunda Guerra Mundial), o jovem Pink Floyd tem a infância marcada pela perseguição de seu professor e pela superproteção da mãe dirigido por Alan Parker, com Bob Geldof, 1982.
  • Sociedade dos Poetas Mortos: No final dos anos 50, ex-aluno (Robin Williams) de uma conservadora escola preparatória se torna o novo professor de literatura da instituição, dirigido por Peter Weir, com Robin Williams e Ethan Hawke, 1989.
  • Uma Mente Brilhante: O gênio da matemática John Nash ganha fama no mundo acadêmico ao formular um complexo teorema aos 21 anos de idade.
  • Meu Mestre, Minha Vida: Baseada na história real de Joe Clark, um diretor arrogante e professor pouco ortodoxo. Ele é convidado a assumir a direção da instituição de onde havia sido demitido como docente.
  • A Onda: Um jovem professor se torna popular entre os alunos de Ensino Médio de um colégio na Alemanha por usar métodos pouco usuais de ensino.

_______________________________

Veja também:

____________________________

www.ianalítica.com.br